Ejaculação Precoce

Considera-se ejaculação precoce ou prematura quando um homem ejacula após uma pequena estimulação sexual. É uma condição comum que afecta 30% dos homens em todo o mundo. Não é raro experienciar ejaculação precoce se é sexualmente inexperiente, se deixou passar um grande intervalo de tempo entre parceiras sexuais ou se está nervoso sobre ter sexo com uma nova parceira. Este tipo de ejaculação precoce é relativamente normal e apenas se torna uma desordem sexual quando acontece frequentemente, durante um período prolongado de tempo.

A ejaculação precoce pode afectar a sua confiança sexual, bem com a da sua parceira, o que leva a uma frustração sexual mútua. Pode, porém, ser tratada com sucesso recorrendo a terapia, se esta tiver causas psicológicas ou a técnicas que permitam controlar o reflexo de ejaculação, levando a que o homem consiga a manter a relação sexual por mais tempo. Actualmente está também disponível um medicamento de prescrição, que visa o tratamento desta condição.

Berlin-Chemie MenariniFabricado por
Priligy

O Priligy ou Dapoxetina é um medicamento de prescrição oral para a ejaculação precoce. É o único tratamento criado especificamente para ajudar os homens a ter mais controlo quando ejaculam. O Priligy actua em menos de 1 hora e a sua acção pode durar até quatro horas. Este medicamento está disponível nas doses de 30mg e 60mg e pode melhorar o seu tempo de ejaculação entre 200% a 300%.

Como posso saber se sofro de ejaculação precoce?

A ejaculação precoce afecta vários homens em todo o mundo. Contudo, não existe uma ideia clara de como a ejaculação precoce se pode classificar, uma vez que as expectativas quanto à duração do sexo podem variar. Apesar de uma redução significativa no tempo em que se atinge o clímax poder causar preocupação, a ejaculação precoce é definida pelos profissionais médicos como uma condição, quando um homem ejacula em menos de 60 a 120 segundos durante ou antes do sexo de forma regular.

Sintomas da Ejaculação Precoce

Frequentemente existe alguma confusão na diferença entre ejaculação precoce e impotência. A ejaculação precoce e a impotência são ambos problemas relacionados com a disfunção sexual nos homens. Apesar de alguns homens experienciarem os dois problemas ao mesmo tempo durante certa altura das suas vidas, estes têm sintomas e causas diferentes.

A impotência é descrita como a incapacidade de conseguir ou manter uma erecção com duração suficiente para completar uma relação sexual satisfatória, enquanto que a ejaculação precoce ocorre quando um homem ejacula demasiado cedo durante a relação ou em alguns casos mais severos, antes da penetração.

Os profissionais médicos geralmente concordam que se a ejaculação ocorre em menos de dois minutos, então tem um problema. Se consegue manter uma erecção por mais tempo, mas o seu tempo de acção é significativamente reduzido, também pode sofrer de um problema de ejaculação precoce.

Estatísticas da Ejaculação Precoce

2 a 3 homens em cada dez pensam que ejaculam demasiado rápido, apesar de apenas 1 em 10 sofrer da condição médica.

Tipos de ejaculação precoce

Ejaculação precoce vitalícia: esta condição pode ser herdada geneticamente ou aparecer devido a comportamentos levados durante a infância. Problemas comportamentais podem dever-se a ambientes restritos onde o sexo é desaprovado ou a masturbações muito rápidas aquando da adolescência devido ao medo de ser apanhado. Estes sentimentos e comportamentos continuam durante a vida adulta e podem ser muito difíceis de superar. Estes são alguns dos sintomas:

  • A ejaculação pode ocorrer dentro de um minuto após a penetração, ou mesmo antes.
  • Incapacidade de atrasar a ejaculação após a penetração vaginal.
  • Sentimentos de stress, frustração e ansiedade antes e depois do sexo.

Ejaculação precoce secundária: Este tipo de problema desenvolve-se devido a razões psicológicas ou físicas. Os sintomas são:

  • Ejaculação persistente com a mínima estimulação, ou pouco depois da penetração.
  • Ejaculação precoce após ter tido relações sexuais saudáveis e funcionais antes.
  • Sentimentos de stress pessoal que evoluem para problemas na relação.

Se sofre de algum dos sintomas acima, o melhor a fazer é consultar um médico. Com a sua ajuda, pode ter a certeza da natureza do seu problema e descobrir o melhor tratamento. Este pode ter uma causa física ou psicológica e por isso vai requerer diferentes métodos de tratamento.

Causas da ejaculação precoce

Existem vários factores que podem causar ejaculação precoce. Estes podem ser físicos, psicológicos ou genéticos. Não existe uma causa específica da ejaculação precoce, mas na maioria dos casos esta condição tem natureza psicológica e pode ser causada pelo stress, ansiedade, problemas de confiança, medo, depressão ou culpa. Experiências traumáticas na infância e os seus efeitos emocionais podem levar a problemas de ejaculação precoce no futuro.

As causas psicológicas da ejaculação precoce podem ser tratadas com terapia, comunicação e instrução, pelo que também é importante dar a conhecer quaisquer problemas mentais, emocionais ou psicológicos quando consulta um médico.

A ejaculação ocorre quando sinais do cérebro são transmitidos ao sistema nervoso pela serotonina, que é absorvida por receptores. Por a serotonina ter um efeito calmante no cérebro e no corpo, uma vez absorvida os homens tornam-se incapazes de controlar os seus orgasmos e experienciam a ejaculação.

Porém, a serotonina também afecta outros processos cerebrais, problemas emocionais ou psicológicos podem causar a falta de serotonina no corpo, o que significa que quando libertada, os receptores a vão absorver rapidamente, causando nalguns casos ejaculação precoce.

EJACULAÇÃO PRECOCE
Causas
FÍSICAS PSICOLÓGICAS
Condicionamento
Trauma
Ansiedade
Depressão
Baixa Auto-Estima
Culpa e Stress

Condicionamento

A teoria por trás do condicionamento é que alguns homens que sofrem de ejaculação precoce podem ser afectados por experiências prévias. Se um homem vem de um ambiente familiar onde a masturbação é desaprovada, este pode ter desenvolvido o hábito de se masturbar rápido enquanto criança de forma a não ser descoberto. Se nas primeiras relações sexuais um homem estiver sobre grande pressão para actuar rapidamente, pode estar condicionado a experienciar o orgasmo muito rápido.

Experiência Sexual Traumática

Homens que tenham sofrido uma experiência sexual traumática podem continuar a associá-la ao sexo. O que os pode deixar por vezes ansiosos e nervosos, levando à ejaculação precoce.

Ansiedade

A ansiedade do acto e a ansiedade de falhar são duas causas psicológicas fortes de ejaculação precoce. Quando um homem começa uma relação sexual nervoso sobre a sua performance e com medo de não satisfazer o seu parceiro/a, é menos provável que controle a sua ejaculação.

Depressão

A depressão não é apenas um problema que afecta a mente, mas também o corpo. Sentimentos de falha emocional, tristeza e depressão traduzem-se em letargia e em sintomas de cansaço físico. Se um homem sofre de depressão clinica, está também mais susceptível a sofrer de uma disfunção sexual como a ejaculação precoce. É importante ter em conta que alguma medicação incluindo os antidepressivos, também podem levar à ejaculação precoce.

Baixa auto-estima e falta de confiança

Geralmente ocorre em homens mais jovens que não têm muita experiência sexual, tendo falta de confiança na sua capacidade de satisfazer sexualmente o seu/sua parceiro/a. Se um homem teve experiências sexuais negativas no passado, estas podem levar a uma baixa auto-estima e fazer com que sofra de ejaculação precoce.

Culpa e stress

Estas são duas causas psicológicas deste problema que podem levar à distracção do homem durante o sexo. A preocupação, a exaustão e a fadiga relacionadas com o stress e a culpa podem frequentemente ser causadas por problemas na relação, podendo levar a disfunção sexual, incluindo ejaculação precoce.

Por outro lado, as causas físicas podem também levar à ejaculação precoce. Se acha que sofre de ejaculação precoce como resultado de uma condição subjacente, deve consultar um médico, que o aconselhará se deve ou não tomar medicação. Abaixo estão explicadas algumas das principais causas da ejaculação precoce.

Hipersensibilidade

Alguns estudos demonstraram que determinados homens sofrem de extra sensibilidade no pénis bem como uma incapacidade de controlar os músculos da zona peniana. Mais estudos são necessários para se estabelecer se isto pode ser ou não uma causa, demonstrando mais evidência para que se relacione com a ejaculação precoce. Porém, os estudos conduzidos que envolvam o uso de anestésicos locais têm demonstrado uma relação provável entre a hipersensibilidade e a ejaculação precoce.

Problemas na próstata

A próstata é responsável pela composição do esperma. Homens que sofrem de cancro da próstata, de uma próstata aumentada ou de uma próstata hiperactiva podem sofrer de problemas de ejaculação precoce.

Doenças como a diabetes, hipertensão ou o abuso do álcool

Doenças que afectem a circulação sanguínea no corpo podem ter efeitos na ejaculação. A diabetes, a hipertensão e o abuso do álcool desempenham um papel na alteração da consistência do sangue no corpo, o que pode afectar o processo de ejaculação.

Medicamentos

Certos medicamentos como os antidepressivos podem alterar o estado de espírito de uma pessoa ou, em alguns casos, prevenir que este seja fisicamente capaz de controlar a ejaculação. Por outro lado, alguns antidepressivos podem ajudar os homens a prolongar o sexo. Se está a tomar medicação para a depressão ou ansiedade, deve mencioná-lo durante a sua consulta, uma vez que pode ser um motivo para o seu problema.

Lesões na coluna

As lesões na coluna podem causar problemas neurológicos no corpo. Se o seu sistema neurológico não está a funcionar correctamente, não serão transmitidas mensagens ao seu corpo como deviam, o que vai afectar a sua ejaculação.

Problemas de tiróide

A tiroide é responsável por produzir hormonas específicas no corpo. Se a tiroide está hiperactiva ou não funciona correctamente, as hormonas estarão alteradas no corpo. Sendo uma causa física potencial de ejaculação precoce.

Como prevenir a ejaculação precoce?

A ejaculação precoce não pode ser completamente prevenida, uma vez que o tempo de ejaculação varia de homem para homem. Contudo, existem algumas medidas que pode tomar para a prevenção da ejaculação precoce durante o sexo.

Comece por relaxar e reduzir a ansiedade, visto que esta é uma das principais causas da ejaculação precoce. Seguir um estilo de vida livre de stress irá reduzir as hipóteses de sofrer de ejaculação precoce, pelo que este é o caminho a seguir.

O princípio mente sã em corpo são, também se aplica. Não só deve tentar reduzir os seus níveis de stress e ansiedade, como deve seguir uma dieta equilibrada e fazer exercício físico. Alguns problemas de saúde podem contribuir para a ejaculação precoce, pelo que um estilo de vida saudável irá contribuir para o seu bem estar geral e consequentemente ter um impacto positivo na sua vida sexual.

Que tratamentos para a ejaculação precoce existem?

Apesar de a ejaculação precoce ser uma condição comum, existe apenas um medicamento de prescrição disponível para ajudar os homens que sofrem deste problema. Para além deste, existem outros métodos que podem ajudar no tratamento desta condição:

Medicamento

O Priligy Dapoxetina ajuda a aumentar a duração da relação sexual, o que pode ajudar tanto na sua satisfação como na da sua parceira. Em ensaios clínicos, o Priligy ajudou os homens a prolongar o sexo em mais de 200% a 300%, com um risco mínimo de efeitos secundários.

Exercícios

Podem ser desenvolvidos vários exercícios para o pénis que se acredita serem um caminho para a cura da ejaculação precoce, como a técnica do apertamento e do start-stop. Estas técnicas podem levar tempo a funcionar, mas podem ser eficazes quando realizadas regularmente. Estas envolvem a parceira e permitem reduzir a estimulação antes que a ejaculação ocorra. Repetir esta acção gradualmente, ajuda os homens a ter um melhor controlo sobre a sua ejaculação.

A masturbação algumas horas antes da relação sexual e o fortalecimento dos músculos do pavimento pélvico com a realização de exercícios Kegel, permitem um maior controlo da ejaculação durante a penetração.

Medicamentos de venda livre

Vários fabricantes formularam cremes e géis de venda livre, concebidos para adormecer ligeiramente o seu pénis e permitir uma relação sexual mais prolongada. Porém, estes tratamentos são pouco discretos e podem afectar o prazer proporcionado pelo sexo. Uma alternativa pode ser o uso de preservativo durante a relação para reduzir a sensibilidade do pénis.

Terapia

A ansiedade é frequentemente uma das causas da ejaculação precoce. Se suspeitar que as causas do seu problema de ejaculação precoce são emocionais, falar com o seu médico ou terapeuta pode ser extremamente útil. Em alguns casos, o médico pode recomendar um tratamento de prescrição para a ejaculação precoce em conjunto com a terapia.

Cirurgia

Apesar de poder ser um tratamento eficaz para curar a ejaculação precoce, a cirurgia é frequentemente o último recurso e consiste na redução dos estímulos sensoriais do pénis. De qualquer das formas, este é um processo altamente invasivo, que pode acarretar vários riscos graves.

Como obter tratamentos de prescrição online

A ejaculação precoce causa alguma vergonha aos homens, comprometendo a sua performance sexual. Por este motivo, muitos dos pacientes com esta condição não se sentem à vontade para a discutir com o seu médico. O nosso serviço de saúde é simples e transparente, permitindo que faça uma consulta online para a avaliação do seu problema. A nossa equipa médica, familiarizada com o diagnóstico desta e de outras condições do foro sexual, será responsável pela avaliação do seu questionário e pela possível prescrição do seu medicamento. Após a aprovação e prescrição da receita, o medicamento é enviado pela farmácia para entrega na Europa no dia útil seguinte.