Obesidade

A obesidade é uma das maiores preocupações mundiais nos dias de hoje. De acordo com estudos recentes, a prevalência desta condição na Europa tem triplicado desde os anos 80, com mais de 50% da população com excesso de peso ou obesidade. A obesidade é causa conhecida de vários problemas graves de saúde, devendo ser tratada o mais cedo possível.

Lidar com um problema como a obesidade pode ser um desafio, pelo que é importante conhecer as alterações no seu estilo de vida que possam ter um impacto positivo no emagrecimento e ajudar a combater este problema de saúde pública.

RocheFabricado por
Xenical

O Xenical (orlistato) é um bloqueador de gordura que actua no estômago e no intestino delgado sem ser absorvido pela corrente sanguínea. Os comprimidos para emagrecer Xenical impedem a acção de dois compostos presentes nos sucos digestivos. Estes compostos, conhecidos como enzimas, denominam-se lipases gástricas e pancreáticas e são responsáveis por quebrar a gordura que consumimos na nossa dieta diária.

Quais as causas?

Uma pessoa pode ser considerada obesa se tiver um IMC (índice de massa corporal) de 30 ou mais. As duas principais razões porque a obesidade se tem tornado mais comum é a falta de exercício e uma dieta rica em calorias. Passamos muito mais tempo sentados no trabalho ou a viajar do que anteriormente. Este estilo de vida impede que muitos de nós queimemos as calorias que ingerimos diariamente, ainda que algumas pessoas encontrem no exercício físico uma forma de compensar a sua falta de actividade. O nosso corpo não tem assim outra alternativa senão converter estas calorias em gordura e armazená-la.

Para além do estilo de vida, as causas da obesidade podem ser genéticas. Estes “genes da obesidade” podem influenciar o nosso paladar ou olfacto, o nosso apetite, o quão facilmente nos sentimos saciados e o nosso metabolismo.

Pode consultar o seu Índice de Massa Corporal (IMC) aqui.

Que problemas de saúde podem ser causados pela obesidade?

A obesidade não só influencia o seu bem-estar emocional e a sua confiança, como pode causar vários problemas de saúde. Estes problemas podem ser ligeiros ao início, porém, podem evoluir para condições mais graves e ser fatais. Os problemas de saúde relacionados com a obesidade são uma das maiores causas de morte prematura em pessoas com menos de 75 anos. Por isso, é muito importante encontrar um tratamento para a obesidade que se adapte a si e às suas condições, o mais cedo possível. Tratar esta doença imediatamente pode reduzir o risco de desenvolver as seguintes condições:

Que tratamentos para a obesidade estão disponíveis?

O impacto de uma dieta saudável e de uma rotina de exercício físico nunca deve ser subestimado. São uns dos primeiros factores em que tem de se focar se quiser perder peso e mantê-lo a longo prazo. Apesar de o exercício e uma dieta saudável serem, sem sombra de dúvida a melhor opção, é aconselhável que consulte o seu médico antes de começar uma rotina de exercício, uma vez que tem maior tendência a lesões se for obeso(a) ou tiver excesso de peso. É importante que quaisquer alterações à sua dieta ou nível de actividade física sejam graduais, para que se tornem parte do seu dia-a-dia.

Perder peso apenas com dieta e exercício pode parecer um desafio impossível. Por este motivo, existem tratamentos para a obesidade que podem ajudar a aumentar a eficácia da sua perda de peso e do seu esforço.

Que tratamentos de prescrição existem para a obesidade?

A maioria dos tratamentos para a obesidade funcionam como supressores de apetite. Estes actuam nos receptores do cérebro, de forma a produzir impulsos que fazem com que se sinta saciado(a) após comer menos quantidade de comida. Estiveram disponíveis dois medicamentos supressores de apetite no passado, o Acomplia e o Reductil, porém, ambos foram retirados do mercado devido aos seus efeitos secundários nocivos para a saúde.

Existe uma nova geração de supressores de apetite que estão actualmente a ser testados nos Estados Unidos pela FDA (agência responsável pela regulação dos medicamentos). De todos os medicamentos testados, o Contrave provou ser o mais promissor. O Contrave combina dois medicamentos já existentes, a naltrexona e bupropiona. A bupropiona suprime o apetite e aumenta o metabolismo corporal, enquanto que a naltrexona afecta a forma como o corpo processa o sabor dos alimentos doces, para que estes se tornem menos desejados. Outros dois medicamentos, o Qnexa e a Lorcaserina, também se encontram em testes, porém não passaram na fase 3 dos procedimentos de teste da FDA. O único medicamento actualmente disponível e devidamente aprovado para comercialização na Europa é o Xenical.

O que é o Xenical?

O Xenical é um medicamento de prescrição para a obesidade que contém o princípio activo orlistato. O Xenical impede o funcionamento das lipases no estômago. As lipases são enzimas que quebram a gordura para que esta possa ser absorvida e armazenada no seu organismo. O Xenical pode impedir que até um terço da gordura ingerida na dieta seja absorvida. A gordura que não é quebrada e por isso não absorvida pelo organismo, é naturalmente expelida pelos movimentos intestinais naturais.

Encomendar medicamentos online

Compreendemos que o estilo de vida da actualidade dificulte a procura de ajuda médica para o tratamento da obesidade. Por este motivo e para facilitar o aconselhamento médico aos pacientes com excesso de peso, o nosso serviço dispõe de uma equipa médica com uma vasta experiência para o(a) ajudar. Para que possa receber o seu medicamento, terá de completar um questionário médico online com questões relativas ao seu estado de saúde em geral e sobre esta condição especificamente. Este modelo de consulta foi desenvolvido pela nossa equipa médica, pelo que a mesma será responsável pela avaliação dos seus dados clínicos. O preenchimento da consulta pode não significar a prescrição do tratamento, uma vez que os nossos médicos terão de avaliar se o mesmo se adequa ao paciente ou se existe um tratamento que possa trazer melhores resultados. Após a avaliação da consulta será prescrita uma receita para que o medicamento possa ser entregue pela farmácia na Europa e no dia útil seguinte.